LoginLogin
1.209 relógios para "

Patek Philippe Grand Complications

"
Marca
Modelo
Preço
Diâmetro
Ano
Localização
Leia mais
A sua escolha

A sua escolha

A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
Informações gerais
Tipo de relógio
Referência
Leia mais ...
Novo/usado
Disponibilidade
Sexo
Estado
Âmbito de fornecimento
Propriedades e funções
Corda
Material da caixa
Leia mais ...
Mostrador
Leia mais ...
Vidro
Leia mais ...
Funções
Leia mais ...
Altura
Leia mais ...
Material da luneta
Leia mais ...
Números do mostrador
Impermeável
Leia mais ...
Outro
Leia mais ...
Bracelete
Material da bracelete
Leia mais ...
Largura
Leia mais ...
Cor da bracelete
Leia mais ...
Material do fecho
Leia mais ...
Cancelar
Patek Philippe Grand Complications

Ordenar por

Patek Philippe Perpetual Calendar Patek Philippe Perpetual Calendar 40.880 

Também poderá gostar dos seguintes artigos:

Compre o seu novo relógio Moritz Grossmann diretamente do fabricante.
Saiba mais

Patek Philippe Grandes Complications – Relógio de primeira classe

A coleção Grandes Complications da Patek Philippe integra algumas das peças mais exclusivas da alta relojoaria, como relógios com 20 complicações e impressionantes caixas trabalhadas em metais preciosos.

Destaques da Patek Philippe Grandes Complications

  • Patek Philippe Grandmaster Chime: o mais complicado relógio de pulso da marca genebrina
  • Sky Moon Tourbillon, o primeiro relógio da Patek Philippe com dois mostradores
  • Complicações de exceção: calendário perpétuo, cronógrafo rattrapante
  • Modelos Celestial com mapa celeste e complicações astronómicas
  • Relógios com repetições de minutos: a grande especialidade da manufactura

Patek Philippe Grandes Complications: a mais nobre arte relojoeira

A Patek Philippe é mundialmente reconhecida pelos seus relógios de pulso e de bolso altamente elaborados. Complicações acústicas como a repetição de minutos ou a grande e pequena sonnerie são sofisticadas complicações acústicas relojoeiras em que a manufactura de luxo genebrina é especialista. A pequena sonnerie emite um sinal acústico automático a cada hora, enquanto a grande sonnerie toca as horas e os quartos de hora. A repetição de minutos bate as horas, os quartos de hora e os minutos a pedido do utilizador. A Patek Philippe é igualmente célebre pelos seus calendários perpétuos e cronógrafos rattrapantes. Um exemplo de um destes modelos é o relógio com a referência 5204.

Patek Philippe Sky Moon Tourbillon: 12 complicações

O lançamento do Patek Philippe Sky Moon Tourbillon, em 2001, foi largamente aclamado pela imprensa especializada. Este era, até à época, o mais complicado relógio de pulso lançado pela marca. O Sky Moon Tourbillon dispunha de 12 complicações e foi o primeiro relógio da Patek Philippe a ostentar dois mostradores. Este relógio com a referência 5002 indica a hora, o dia, a data, o mês, a idade da lua e os anos bissextos no mostrador frontal. No verso, surgem diversas indicações astronómicas como um mapa do céu noturno do hemisfério norte, as fases da lua e a indicação do tempo sideral. Por dia sideral entende-se o tempo que a Terra demora a fazer uma rotação completa, desviando-se aproximadamente quatro minutos diários da hora solar.
Em 2013, foi lançada uma nova edição do Sky Moon Tourbillon com a referência 6002. Em termos de funções, o novo modelo é bastante semelhante ao anterior. A diferença é que este possui uma caixa em ouro branco maciço inteiramente gravada à mão. O mostrador é em esmalte.

Patek Philippe Grandes Complications: sugestões de compra

Se procura um relógio particularmente elaborado, que ofereça diversas funções e seja uma peça única, sugerimos que conheça os relógios da coleção Grandes Complications. Quem opta por um Patek Philippe está ao mesmo tempo a fazer uma afirmação de bom gosto e elegância. Conte com uma verba de cerca de 2 milhões de euros para adquirir um modelo de topo como o Sky Moon Tourbillon. O relógio de pulso mais complicado da manufactura, o Grandmaster Chime, custa cerca de 6,4 milhões de euros.
Contudo, não precisa de gastar milhões para adquirir uma peça da linha Grandes Complications. No mercado de relógios usados, consegue encontrar relógios com calendário perpétuo em excelente estado de conservação por aproximadamente 30.000 euros. Por estrear, estas peças têm um custo de cerca de 50.000 euros.
Se pretende adquirir um relógio que integre um calendário perpétuo e função cronográfica, conte com uma verba de cerca de 75.000 euros, no caso de se tratar de um modelo usado. O preço dos relógios novos começa a partir dos 100.000 euros. Os modelos usados que aliam um cronógrafo rattrapante a um calendário perpétuo rondam os 230.000 euros. Por estrear, custam cerca de 250.000 euros.
O preço de um Patek Philippe Grandes Complications com repetição de minutos começa nos 300.000 euros. Se pretende adicionar a função de calendário perpétuo, conte com cerca de 550.000 euros.
Ainda na coleção das complicações, há a destacar os modelos Celestial que, tal como o Sky Moon Tourbillon, integra diversas complicações astronómicas. Estes modelos apresentam um mapa celeste que inclui a via láctea no mostrador. Além disso, indicam a hora solar, a data e as fases da lua. Novo, um Celestial custa cerca de 200.000 euros.

Grandmaster Chime: o ex-libris da linha Grandes Complications

O Patek Philippe Grandmaster Chime é um dos mais complicados relógios de pulso alguma vez criados. A manufactura genebrina independente apresentou esta peça com a referência 5175 em 2014, por ocasião do seu 175.º aniversário. Esta obra-prima da alta relojoaria conta com uma caixa reversível de dupla face e oferece um total de 20 complicações. A palavra "Chime" deixa desde logo adivinhar qual o ponto forte desta peça, uma vez que em inglês significa "carrilhão". Com efeito, este relógio alberga cinco complicações acústicas: grande sonnerie, petite sonnerie, repetição de minutos, data patenteada com repetição e alarme sonoro para as horas patenteado. Estas duas últimas são uma novidade mundial. A pedido do utilizador, o Grandmaster Chime emite também um sinal acústico para a data. Toca um som agudo-grave para cada dezena e um tom agudo para cada unidade. Graças ao calendário perpétuo, o relógio sabe sempre a data em que deve tocar.
A função de alarme é outra particularidade notável desta peça. Tal como na repetição de minutos, é emitido um sinal acústico também para o alarme. O primeiro som para indicar a hora, logo seguido de um toque duplo para os quartos e os últimos para os minutos. Para que possa desfrutar desta "sinfonia", o mecanismo entra em funcionamento dez minutos antes da hora desejada. Contudo, só poderá fazer soá-lo a horas fixas, ou seja, aos 15, 30 ou 45 minutos. Por exemplo, se pretender ser despertado às 6 da manhã, os pequenos martelos começarão a tocar a sinfonia às 5:58 h. Primeiro tocam cinco vezes para indicar a hora, seguido de três toques duplos para assinalar os quartos de hora e, por fim, 13 batidas para os minutos restantes.
Com uma caixa de 47,4 mm de diâmetro e 16,1 mm de espessura, o Grandmaster Chime é perfeitamente possível de usar no pulso. A impressionante caixa em ouro rosa de dupla face é cinzelada à mão. No seu interior encontra-se o calibre de corda manual 300 GS AL 36-750 QIS FUS IRM, composto por um total de 1.366 peças. Além das complicações acústicas, inclui uma reserva de marcha para o movimento e outra para a sonnerie, assim como duplo fuso horário, calendário perpétuo, fases da lua e indicação do dia/noite. Foram produzidos apenas sete exemplares desta edição, um dos quais destinado ao próprio museu da marca.

Características do Grandmaster Chime

  • Um dos mais complicados relógios de pulso do mundo
  • Integra um total de 20 complicações
  • Novidade mundial: alarme sonoro e repetição da data

Grandes Complications: inspirado nos relógios de bolso

Com as suas 24 complicações, o Supercomplication Henry Graves foi considerado o relógio de bolso mais complexo alguma vez criado até 1989. O relógio inclui, entre outras, cronógrafo rattrapante, calendário perpétuo, hora sideral, a hora do nascer e do pôr-do-sol, bem como um mapa das estrelas do céu acima de Nova Iorque. A Patek Philippe concebeu este relógio com a referência 198385 para o banqueiro norte-americano Henry Graves Jr., que vivia na metrópole junto ao rio Hudson.
Graves era um apaixonado colecionador de relógios, fascinado sobretudo pelos modelos da Patek Philippe. Quando encomendou esta peça à marca genebrina, pretendia suplantar a coleção do outro único colecionador de relógios à sua altura, James Ward Packard. Ambos encomendaram diversos relógios à Patek Philippe, com o máximo número de complicações possível. No final, foi Graves quem ganhou a disputa, com o "Supercomplication Henry Graves", encomendado em 1925. Este relógio de bolso demorou sete anos a ser desenvolvido. Não se sabe se a Patek Philippe poderia ter concebido um relógio ainda mais complicado no início dos anos 1930. Packard faleceu em 1928 e, portanto, a competição ficou-se por aqui.
A complexidade do Supercomplication Henry Graves só foi ultrapassada em 1989 com o lançamento do lendário Calibre 89, um relógio de bolso com 33 funções, entre as quais um cronógrafo rattrapante, um calendário perpétuo, fases da lua e segundo fuso horário. E estas são apenas as complicações que surgem num lado do mostrador! No outro lado, o mostrador é dedicado a diversas complicações astronómicas. Foram produzidos apenas 4 exemplares do Calibre 89, que incluía ainda diversas complicações acústicas como repetição de minutos, grande sonnerie e petite sonnerie, alarme e quatro gongos a proporcionarem uma melodia de 12 notas. O desenvolvimento desta obra-prima demorou nove anos e é, até hoje, um dos mais complicados relógios de bolso do mundo.
Em 2015, a manufactura de luxo suíça Vacheron Constantin apresentou uma peça que incluía um total de 57 complicações. O relógio com a referência 57260 foi criado por encomenda de um cliente que preferiu permanecer anónimo. Esta peça distingue-se sobretudo pelos seus diferentes calendários. A par de um calendário perpétuo gregoriano, inclui também um calendário hebraico e um calendário profissional conforme a norma ISO 8601, bem como uma função de calendário astronómico.