LoginLogin
552 relógios para "

Tudor Heritage Black Bay

"
Marca
Modelo
Preço
Diâmetro
Ano
Localização
Leia mais
A sua escolha

A sua escolha

A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
Informações gerais
Tipo de relógio
Referência
Leia mais ...
Novo/usado
Disponibilidade
Sexo
Estado
Âmbito de fornecimento
Propriedades e funções
Corda
Material da caixa
Leia mais ...
Mostrador
Leia mais ...
Vidro
Funções
Leia mais ...
Altura
Leia mais ...
Material da luneta
Leia mais ...
Números do mostrador
Impermeável
Leia mais ...
Outro
Leia mais ...
Bracelete
Material da bracelete
Leia mais ...
Largura
Cor da bracelete
Leia mais ...
Material do fecho
Cancelar

Ordenar por

Tudor Heritage Black Bay Tudor Heritage Black Bay
2.800 

Heritage Black Bay: Mergulho com história

O Heritage Black Bay é um relógio de mergulho moderno que se inspira nos icónicos Submariner da Tudor. Os relógios de inspiração vintage são estanques até 200 m de profundidade e vêm equipados com um movimento fiável. Estão disponíveis em três cores.

A Tudor apresentou o modelo Tudor Heritage Black Bay One em 2012. Bem de acordo com a filosofia da marca, os modelos dispõem de uma das melhores relações de preço/qualidade do mercado. Quando Hans Wilsdorf fundou a empresa Montres Tudor S.A., em 1946, tinha um objetivo: criar uma segunda marca que oferecesse a qualidade da Rolex numa gama de preços mais acessíveis. Até aos dias de hoje, a marca beneficiou sempre da longa experiência da casa-mãe. O Tudor Black Bay é mais um grande exemplo disso. O design faz lembrar o modelo de mergulho Tudor Oyster Prince Submariner, lançado em 1954. A versão dessa época vinha equipada com a caixa Oyster desenvolvida pela Rolex para o Rolex Submariner. No interior, no entanto, não batia um calibre de manufatura da Rolex, mas sim o calibre automático 390, que se baseava num mecanismo do fabricante suíço Fleurier.
Desde 2016, o Tudor Black Bay vem equipado com o calibre automático MT5602, o primeiro movimento desenvolvido pela própria Tudor. Apresentando dimensões contemporâneas, o Heritage Black Bay tem muito da “old school”: ponteiros snowflake, luneta cor de vinho e ponteiros e indexes delineados num tom acobreado brilhante, num belíssimo exercício de estilo vintage. Mas o Heritage Black Bay não é uma reedição - é antes uma reinterpretação única que condensa num relógio passado, presente e futuro. Um ano depois da sua apresentação, o Black Bay arrebatou o prémio na categoria "Revival" no Grand Prix d'Horlogerie de Genève, o evento mais prestigiado da Associação Relojoeira Suíça FH.
O relógio rétro está disponível em três versões: com luneta cor de vinho, preta ou azul meia-noite. O acabamento do mostrador é um dos aspetos mais notáveis do Black Bay: o tom preto mate muito quente é quase idêntico ao dos modelos do passado. A versão com luneta preta possui um pequeno triângulo vermelho invertido de marcação na luneta rotativa, elemento reminiscente do Tudor Submariner de 1958, que possuía uma coroa de grandes dimensões. Esta "Big Crown" complementa também o design das versões em cor de vinho e azul meia-noite. O relógio é distribuído com uma bracelete de metal dotada de um notável fecho com ajuste de precisão, patenteado pela Tudor, ou com uma correia de couro envelhecido, em alternativa a uma bracelete em tecido negro. Para mergulhos em profundidades maiores do que 500 m, sugere-se o Tudor Pelagos. O relógio de titânio vem equipado com um movimento de manufatura e possui uma autonomia de 70 horas, data posicionada às 3 horas e certificação COSC.

Alternativa rétro: Divers Sixty-Five da Oris

A manufatura suíça Oris oferece uma alternativa interessante ao Heritage Black Bay: o Divers Sixty-Five. Tal como o nome sugere, este relógio de mergulho retoma o design do modelo original dos anos 60 e combina elementos rétro com tecnologia do século XXI. Está disponível com caixa de 40 mm de diâmetro em aço inoxidável. Nos anos 60, os relógios de mergulho eram feitos de plexiglass, um material que se riscava facilmente. O Divers Sixty-Five destaca-se por recuperar a forma destes com um vidro de safira, curvo como uma bolha, que tem acabamentos antirreflexo no interior, para reduzir o brilho e melhorar a legibilidade debaixo de água. O fundo da caixa é em aço aparafusado. Ao contrário do Heritage Black Bay, o Oris é estanque até 10 bar/100 m, ideal para nadar ou fazer snorkeling.
No interior, está o Oris Calibre 733, automático, que tem por base um Sellita SW 200-1, uma modificação do calibre 2824-2 da ETA. O movimento automático inclui a função stop-seconds, para maior precisão no ajuste da hora, reserva de corda de 38 horas e um botão para ajuste rápido da data cuja janela está posicionada às 6 h. Oscila a 28.800 alt/h.
O relógio apresenta um mostrador preto ou bicolor cinza/azul, com ponteiros, indexes e caixas dos algarismos preenchidos com uma versão de SuperLuminova denominada "Light Old Radium", cujo tom âmbar-claro se assemelha bastante ao do modelo original, de 1965. A cor garante um belo contraste com o mostrador e melhora a legibilidade. O ponteiro dos segundos possui ainda um ponto luminescente antes da ponta. O esquema de cores da versão com mostrador bicolor é uma excelente alternativa ao clássico mostrador preto dos relógios de mergulho, com um interessante tom de azul-velho a circundar o mostrador. Estão disponíveis braceletes de tecido, de cauchu ou de aço inoxidável.

Relógios com história

Destinado a quem aprecia relógios de hoje inspirados em outros tempos, os Heritage Black Bay são relógios robustos e de fácil leitura, como o obrigam os relógios de mergulho. O caderno de encargos de mergulho fica completo com a luneta rotativa unidirecional e a estanqueidade até 200 m. Pela sua estética intemporal, são relógios que podem ser usados em qualquer ocasião - seja ela mergulhar no mar ou...no escritório.